Crianças Intercessoras na Índia

 .

.

 

Esta é uma história da missão “Brotherhood”, Índia.
 .
Uma missão com 8000 crianças em ministério chamadas de “intocáveis”.
Estas crianças estão trazendo seus pais ao Senhor.
Fazendo caminhadas de oração diariamente em seus bairros, plantando igrejas e mudando comunidades, cidades e nações por meio da oração e intercessão.
Uma história da Índia.
 .
1209368172_2icic-07-pho-285
 .
Rev. E. Anton Cruz: Em 1987, algo aconteceu que mudou a minha vida, minha direção e meu ministério. Eu era um sacerdote católico, um padre. Eu estava andando pela rua e duas crianças pequenas vieram até mim. Elas tinham 6 ou 7 anos de idade. Eu sabia que elas eram pedintes. “O que eu posso fazer por vocês?” Elas disseram: “Pode nos ajudar?” Eu disse: “Sim”. Então elas me levaram para um lugar a cinqüenta metros de distância, e uma das crianças se abaixou e pegou um pequeno bebê no chão e disse: “Este bebê não tem pai, não tem mãe e precisa de leite, está chorando e ele irá morrer. Você é um padre, você pode levá-lo para a igreja e dar-lhe leite”. Mas naquele dia, o bebê morreu em meus braços. Então aquilo foi muito forte para mim. Sabe, a palavra que aquela criança me disse ainda estava nos meus ouvidos. Então comecei a perguntar para Deus, tem alguma coisa, me diga o que o Senhor quer. Eu vi Jesus na minha frente dizendo: “Eu amo bebês, Eu amo crianças, Eu sou Pai para estas crianças. Eu quero que você vá às ruas e acolha meus bebês, acolha minhas crianças. Eu as amo. Minhas crianças sacudirão as nações, elas pregarão, curarão, trarão profecias, trarão mensagens, tudo a seu tempo certo. Vá.” Então aquela mensagem foi dada a mim. No começo as pessoas não acreditavam no meu ministério. Ainda mais se o ministério estivesse focado somente em intocáveis.
 .
Jesintha Anton Cruz: Mesmo em nosso ministério, muitas crianças não têm pai, grande parte não tem mãe. Então nós temos que amá-las, temos que orar por eles. Elas também precisam de amor e carinho. O amor de Deus é muito importante.
 .
Rev. E. Anton Cruz: Tudo o que nós fazemos está baseado na oração, amor e educação. Existem quatro classes na Índia. Classe alta, classe média, classe baixa e a quarta classe dos intocáveis. Por meio desse programa as crianças oram, elas plantam igrejas naquelas vilas e fazem um impacto na vizinhança. Todo centro de ensino se torna uma casa de oração. Para cada cinco casas de oração, uma se torna uma igreja. As crianças vêm para os centros de ensino para estudos e elas se tornam intercessoras. Então essas crianças começam a orar por suas famílias, vilas e vizinhos. Devagar, levando-os para Jesus. Estes pais têm oportunidade de virem ao Senhor. É um método muito bom: educação, oração e depois igreja. Por meio das crianças nós chegamos aos pais, e por meio dos pais nós chegamos as igrejas. Aqui tudo é por meio das crianças. É um tempo de mostrar amor às pessoas. Porque mesmo as minhas crianças podem atingir bons níveis após a faculdade e tudo o mais, mas este não é o nosso alvo. Nosso alvo é ter nessas crianças o coração de Jesus, compaixão, servindo a comunidade, servindo as crianças de rua, servindo ao pobre. Um dos métodos que nós conseguimos alcançar a comunidade: as crianças vão as ruas e oram pela vizinhança, e elas estendem as mãos em frente de cada casa e clamam: “Jesus, eu clamo esta casa para Ti”. E Deus fala e nós vemos milagres e corações transformados. O muro está quebrado, agora nós podemos construir a comunidade e fundar igrejas. O centro da oração cristã está focado em oração e mais na área religiosa
 .
Este é o lugar que as crianças são ungidas e as “Crianças Reais” moram aqui. Elas oram vinte e quatro horas e recebem unção.
 .
Rev. E. Anton Cruz: Nós temos uma rede de TV, pessoas ligam pedindo oração, e nós enviamos as orações para os centros de oração e para os centros de ensino. Está é a Rede de oração, assim as 8000 crianças podem orar todos os dias ao mesmo tempo
 .
Criança: 10000 crianças oram por você diariamente.
.
Rev. E. Anton Cruz: Os corações dos filhos se voltarão aos pais. Os corações dos pais se voltarão aos filhos. Neste programa, as crianças pregam, oram, cantam, louvam, curam e profetizam. Apaixonadamente dois milhões de pessoas assistem a este programa.
 .
Repórter: Você já viu sua filha na TV?
Mãe: Sim, toda a semana eu a vejo na TV.
Repórter: Qual parte que você gosta?
Mãe: Minha filha tem a presença de Deus nela. Quando ela pensa no passado, o sofrimento e a dor, ela ora pelas pessoas com dor.
 .
Deepa Kalaiya: Eu tinha três anos quando eu vim para cá e eu vim de uma família de leprosos. Nós somos pessoas do tipo intocáveis. Deus tem nos levado para o lugar mais alto para procurar sua presença e O adorar. Deus tem me levantado para me usar para a glória Dele.
 .
Rev. E. Anton Cruz: Depois do programa, as pessoas ligam de diversos lugares, diferentes nações pedindo oração. E as pessoas são curadas e suas orações são respondidas. Milhares e milhares de pessoas estão orando o tempo todo. Oração é capaz de tocas a comunidade.
Rev. E. Anton Cruz (com microfone): Quem vai chorar por esta geração? E ouvir esta nova geração dizendo que se colocarão na brecha, amém? É por isso que estamos levantando oito mil crianças agora. Estas oito mil crianças vão se colocar na brecha e orar pelas crianças, orar pelas famílias, orar por essa geração.
 .
Rev. E. Anton Cruz: Nós temos a Conferência Internacional das Crianças Intercessoras todos os anos. Aproximadamente duas a três mil crianças participam. Nós trazemos as crianças do centro de ensino e de outros lugares e elas recebem a unção, elas recebem treinamento e voltam para as vilas e se tornam “Crianças Reais”
 .
Rev. E. Anton Cruz (com microfone): Pessoas dizem que há muitos lixos e esses lixos devem ser jogados fora. Pegue e jogue o lixo, mas Deus diz: “Eu vou reconstruir”. Amém? Quebrados, rejeitados, jogados fora, meu Deus sabe disso. E você diz “eu sou um problema que meu Jesus gosta”.
 .
Rev. E. Anton Cruz: Pessoas pensam nessas crianças como crianças da classe baixa, que têm que ser assim e que não têm muito o que dar. Mas a verdade é outra. Quando eu trago os pequeninos a frente, as pessoas podem aceitar com mais facilidade.
.
Criança: Oh Pai, Tu és o nosso papai. Eu oro por todos os pastores que te servem. Que haja avivamento em suas famílias.
M. Chadwick Samuel: As “Crianças Reais” oraram por mim e foi uma excelente experiência. Porque elas colocaram as mãos sobre mim e começaram a interceder e fizeram orações poderosas. E eu acredito que Deus está fazendo algo grande e poderoso em mim.
 .
Rev. E. Anton Cruz: Estes são os mais fracos desse mundo. Pequenos, intocáveis e abandonados, mas Deus os está usando poderosamente. Até mesmos elas são capazes de ministrar aos líderes, pastores, grandes homens querem receber orações dessas crianças. As crianças oram dia e noite. Nós podemos ver as lágrimas destas crianças tocando os corações das pessoas. Nós não precisamos de técnicas para que as crianças toquem o coração do Pai. A maioria das crianças hoje não tem pai, elas estão nas ruas, elas podem facilmente tocar o coração do Pai.
 .
Criança: Pai, tu é o pai dos órfãos, por favor traga conforto as crianças, Pai nós precisamos de Ti, ouça a minha oração Papai. Senhor, abençoe eles, Papai nós precisamos de Ti, precisamos de Ti, Pai! Abençoe e carregue todos os órfãos em Seus ombros.
.
.
.
.


.
kitcrianca
.
ministerioinfantil